Covilhã

... e as Aldeias de Montanha

 

Aldeias de Montanha

Situada na encosta da Serra da Estrela, voltada a Nascente, esta cidade, sede de concelho, localiza-se a cerca de 700 metros de altitude e é o centro urbano mais importante da zona da Serra da Estrela. 

Com uma longa história e ocupação humana desde remotos tempos, a Covilhã tem na sua indústria de lanifícios uma das suas principais referências. Esta indústria iniciou-se na região ainda no tempo do rei D. Sancho I, foi desenvolvida pela comunidade judaica, tendo ganhou um novo impulso em 1763 sob a acção de Marquês de Pombal que aqui fundou a Real Fábrica de Panos, tornando-se o maior centro de produção de lanifícios de todo o país. 

A Covilhã é igualmente conhecida por ter sido berço de descobridores e exploradores que deram novos mundos ao mundo na época dos Descobrimentos Portugueses, tendo mesmo recebido o Infante D. Henrique, o Navegador, o título de Senhor da Covilhã. 

Vários são os pontos de interesse desta dinâmica cidade e seus arredores, com um centro histórico agradável, com locais como a antiga Judiaria, com as suas ruas estreitas e janelas manuelinas, a Capela de São Martinho, a Capela de Santa Cruz ou o Museu dos Lanifícios. De facto, a Real Fábrica de Panos, onde actualmente funciona a Universidade da Beira Interior e o Museu de Lanifícios são legados importantes para o verdadeiro conhecimento desta região. 

Parques, jardins, casas senhoriais, e muitas Igrejas demonstrando o fervor religioso da região, são agradáveis e interessantes legados patrimoniais desta zona. 

A Universidade, uma variedade de feiras e mercados, o comércio e todo o movimento desta cidade tornam claro que a Covilhã é um centro animado e produtivo. 

A Gastronomia da região é riquíssima e muito afamada por todo o País, destacando-se o célebre queijo da Serra, feito de leite de ovelha, ou o pão de centeio e os enchidos caseiros, além de pratos suculentos como a tradicional sopa de feijão encarnado, o cabrito assado, o ensopado de borrego ou a truta grelhada, entre tantas outras especialidades, como o mel da Serra da Estrela.

Museus e Patrimóminio:

  • Museu de Arte Sacra
  • Museu de Lanificios
  • Museu do Queijo
  • Teatro Municipal
  • Centro Interpretrativo da Cereja
  • Yonturaria - Galeria de Exposições
Concelho: Covilhã 
Distrito: Castelo Branco
Unid. Estat. (NUTS III): Beiras e Serra da Estrela
Província: Beira Baixa
Freguesias: (21) Aldeia de São Francisco de Assis - Barco e Coutada - Boidobra - Cantar-Galo e Vila do Carvalho - Casegas e Ourondo - Cortes do Meio - Covilhã e Canhoso - Dominguizo - Erada - Ferro - Orjais - Paul - Peraboa - Peso e Vales do Rio - São Jorge da Beira - Sobral de São Miguel - Teixoso e Sarzedo - Tortosendo - Unhais da Serra - Vale Formoso e Aldeia do Souto - Verdelhos
Área do concelho: 555,60 km²
Habitantes: 51 797 (2011)
Feriado Municipal: 20 de outubro, dia de elevação a cidade em 1870
Criação do Município: 1186, pelo Foral de D. Sancho I
 

Mapa da localização e freguesias do Concelho de CovilhãLocalização do concelho, freguesias e limites

FronteirasManteigas (norte); Guarda (norte); Belmonte (leste); Fundão (sul); 
Pampilhosa da Serra (sudoeste); Arganil (oeste); Seia (noroeste)

Onde dormir

Hoteis em Covilhã. Reserva agora o seu hotel!
Hoteis em Covilhã. Reserva agora o seu hotel!
Os melhores Hoteis e Alojamentos disponiveis perto de Covilhã. Sem Taxas de Reserva. Garantia de Melhor Preço. Reserva Segura. Confirmação imediata.